Pesquisar Matérias


Cão não consegue parar de abraçar o seu salvador

Adote Um Anjo


Muitos cães acabam em abrigos e serão sacrificados caso possuam a saúde debilitada, com alto custo de tratamento. No caso de Gregory, ele foi resgatado e sua gratidão foi tanta, que o que mais queria era abraçar Joe, seu salvador.

A história de Gregory foi assim: o Beagle, tinha dois anos de idade quando Joe Kirk o salvou de um abrigo de animais que iria sacrificá-lo.

Joe e sua esposa Schenley Hutson-Kirk são co-fundadores da Hound Rescue and Sanctuary, uma organização sem fins lucrativos com sede perto de Findlay, Ohio, que ajuda cães negligenciados a encontrar novos lares. Sua principal missão é salvar os cães da eutanásia.

“Geralmente abrigamos e cuidamos de 25 a 30 cachorros por vez, e dispomos para adoção. Porém, tem aqueles que permanecerão no santuário, pois, nem todos erão adotados, eles viverão suas vidas sendo amados e cuidadas por nós”, disseram Schenley e Joe Kirk ao Bored Panda.

O casal também acrescentou que depois que Gregory recebeu tratamento veterinário, foi adotado. Agora ele tem uma família maravilhosa que o ama e ele está muito feliz. A família de Gregory também tem outro Beagle, que se tornou o melhor amigo de Gregory

“Muitas vezes nos perguntam quantos cães salvamos. A resposta é sempre a mesma “salvamos mais um”. Mais um cachorro que está seguro e terá todo o amor e respeito que eles merecem. Mais um cão será alimentado adequadamente e receberá os cuidados necessários. Mais um cão terá um amor em uma casa. Não há melhor sensação, nada que seja mais gratificante ”, explicou o casal.

Este Beagle ia ser sacrificado porque ele foi diagnosticado com dirofilariose.

No momento do resgate, tudo o que Gregory queria, durante o trajeto de carro, era "abraçar" Joe calorosamente.

"Ele é muito carinhoso, muito carinhoso... sem sombra de dúvida, um menino muito bom. Ele gosta de estar ao seu lado. Ele gosta de dar beijos", disse Joe.

Parabéns a esses heróis, Joe e Schenley que garantem uma vida decente aos animais que resgatam, e fazem disso uma rotina.














Créditos das imagens: Schenley Hutson Kirk

Adaptação de texto: Vida que Importa



Fonte: https://www.boredpanda.com/