Pesquisar Matérias


Pitt bull mantém em segurança um garoto de 3 anos perdido na floresta

Inspiração Animal


Os cães são encantadores, mas de todas as raças, os pit bulls não são considerados os mais amigáveis.

Devido ao seu passado, sendo criados para o combate com outros cães. No entanto, o que um pit bull fez por seu irmão humano surpreendeu a todos.

Os pit bulls geralmente são injustamente estigmatizados por sua raça.

Muitas percepções negativas se espalharam entre as pessoas ao longo do tempo em relação à raça bela e leal do Pit Bull Dog.

O primeiro deles é do continente europeu, especificamente da Irlanda e Inglaterra, e alguns outros da Escócia.

Eles foram trazidos para a América, desejava-se obter um cão com as mesmas características, mas menor para continuar com o trabalho lucrativo e repreensível da luta de cães.

Portanto, os Bulldogs e Terriers começaram a cruzar e o pit bull atual foi obtido.

Buddy é um espécime bonito que vive de acordo com sua raça e vive com sua família na Flórida, EUA.

Onde está imensamente feliz com seus irmãos humanos a quem ama e protege com zelo. Vê-los todos em casa brincando juntos inspira ternura.

Mas algo aconteceu na tarde de 18 de abril. Uma mãe desesperada entrou em contato com o Centro de Telecomunicações do Escritório do Xerife do Condado de Suwannee pelo 911, informando o estranho desaparecimento de seu filho pequeno, com apenas três anos de idade.

De acordo com a mãe ansiosa, seu filho estava brincando com seus irmãos e Buddy na frente da casa deles.

De repente, mesmo sob a supervisão dos irmãos mais velhos, os filhos pequenos da família se afastaram cada vez mais da casa até que se perderam na densa floresta.

Ao receber o pedido perturbador, o xerife imediatamente ordenou a um grupo de oficiais que iniciasse a busca.

Felizmente, um vizinho pode ver quando o garoto se distanciava da casa, e o cão o acompanhou.

Agora a família podia entender por que Buddy também não apareceu.

As informações foram de vital importância para o grupo de busca; a equipe formada por oficiais treinados para esse fim, juntamente com vários agentes de resgate canino, foi à área mencionada pelo vizinho e os encontrou.

"Felizmente, conseguimos reunir o garoto com a mãe, em parte graças ao melhor amigo do homem e a um vizinho alerta", escreveu o escritório do xerife em sua conta do Facebook.

O cão "Buddy" manteve o garoto em segurança na mata, protegendo-o como um guardião, até que a equipe de busca chegasse.

No início, quando a equipe de busca estava na frente da dupla, Buddy latia loucamente, talvez com medo de que alguém tentasse machucar o garoto, e ele não permitiu que eles se aproximassem de seu amigo, que estava bastante assustado na presença de estranhos uniformizados.

"É um bom final para um evento que poderia ter sido muito trágico", disse Sam St. John, xerife do condado de Suwannee.

As imagens com o que aconteceu se tornaram virais nas redes sociais, e os internautas empolgados e emocionados não pararam de elogiar a nobreza do animal que não deixou seu amigo sozinho e o protegeu com tanta veemência no momento arriscado.

"Os pit bulls são os melhores cães de todos os tempos e me emociona saber que o menino e seu melhor amigo foram encontrados e estão seguros", disse um usuário feliz.

Você justificou sua corrida, amigo! Bravo para este par de amigos!

Rejeitamos o uso de animais por atos violentos, se eles forem criados com amor e ternura, sem dúvida, seu comportamento será sempre nobre.

Compartilhe esta linda história com todos os seus amigos.




***



Não importa a raça, eles serão sempre fiéis, principalmente quando criados com amor. (MárciaSchmian)






Adaptação de Texto: Vida que Importa


Fonte: https://www.zoorprendente.com/