Pesquisar Matérias


Porquinho pensa que é o irmão mais velho nesta matilha de cães

Diversão


Um papagaio, se você o ensinar, pode miar como um gato ou imitar o som de vários pássaros ou qualquer animal. Dizem que a hiena ri como uma bruxa.

Mas você pode imaginar um animal se comportar como outro que não é da mesma espécie?

É exatamente isso que Chowder faz, um leitão que foi criado com cinco cães e agora parece um deles!

Shelby Madere é uma agricultora da Califórnia, Estados Unidos, dona de cinco cães: Rita, Slick, James, Nya e Bashe.

Um dia ela comprou um porco para criá-lo em sua fazenda e chamou-o de Chowder.

Não encontrando outro porquinho com quem compartilhar suas brincadeiras enquanto crescia, o porco juntou-se a seus irmãos, os cachorros, e começou a imitá-los em todas as suas tarefas.

"Nunca pensei que Chowder, passando tanto tempo com meus cães, se tornaria o melhor amigo deles. Ele é praticamente um deles. A única coisa que falta é latir", disse Shelby.

A dona de Chowder abriu contas no Instagram e no Facebook e eles já se tornaram uma celebridade, à medida que as visitas e os seguidores aumentam diariamente.

Sua história é muito comentada nos Estados Unidos, México e Espanha.

"Quando olho para a minha equipe, vejo o reflexo de quem sou neles."

"A felicidade deles, sua segurança, sua saúde, sua vida inteira depende de mim e eu nunca vou decepcioná-los", disse Shelby.

Quando você assiste aos vídeos, notará que Chowder deixou de ser aquele porquinho que se juntou à equipe da fazenda.

Pelo contrário, parece o irmão mais velho de todo o bando.

Embora Chowder brinque, ele se alimenta e dorme ao lado de seus irmãos cachorros, quando todos dão uma volta com Shelby Madere, ele sempre fica por último e é preciso esperar por ele, por causa de seu excesso de peso.

"Ele não gosta de fazer dieta e odeia academias, kkk. É claro que, na hora do almoço, move a cauda como ninguém”, disse sua dona.

Aconteceu com esse porco o que acontece conosco, quando muitas vezes entramos em um grupo que não conhecemos: sofremos um processo de adaptação.

Um exemplo clássico é evidenciado em crianças, que para serem aceitas em um grupo de amigos imitam as maneiras e atitudes de seus membros.

Se pararmos para pensar, Pig Chowder, com seu comportamento de querer ser mais um cachorro entre os que o rodeiam, nos dá uma grande lição.

Isso nos lembra que os seres vivos são seres sociáveis, que gostamos de estar cercados por aqueles que apreciamos, respeitamos e cuidamos.

Os cinco cães de Madere são animais diferentes, tanto na cor do pêlo quanto no tamanho.

O relacionamento que eles estabeleceram com Chowder, que é um animal de outra espécie, é de total respeito e aceitação.

E esse relacionamento é recíproco. Vamos aprender com eles, pois todos precisamos nos sentir integrados e reconhecidos na sociedade da qual fazemos parte.

Compartilhe com seus amigos e familiares esta divertida história e lembre-os de que não é bom viver isolado e sozinho, mas, seguindo o exemplo do porco Chowder, precisamos manter um comportamentos favorável ​​para integrar nosso grupo social com total harmonia.



***



Ah que porquinho mais fofo!! Uma vida que importa fazendo a diferença na vida dos "irmãos" e toda família! (MárciaSchmian)



Veja mais no instagram.com/piggypoo_and_crew







Adaptação de Texto: Vida que Importa






Fonte: https://www.zoorprendente.com/