Pesquisar Matérias


Turistas pagam para tirar selfies com onças-pintadas no mar, não têm ideia do sofrimento delas

Mais amor, por favor!


Os pobres animais são acorrentados aos barcos e forçados a nadar por horas para aparecer nas fotografias dos turistas.

Steve Winter é um fotógrafo profissional dedicado a retratar gatos selvagens em todo o mundo.

Desde os 7 anos de idade, ele descobriu sua paixão por imagens, mas agora se dedica a aumentar a conscientização com seu maravilhoso trabalho.

Recentemente, ele fez uma viagem ao México que o ajudou a ver a face degradante do tráfico de animais selvagens.

Steve trabalha como fotógrafo da National Geographic. Já recebeu vários prêmios por seu ótimo trabalho.

Muitas agências de turismo oferecem um serviço muito caro, para que as pessoas possam tirar selfies com onças.

A maioria das pessoas acham maravilhoso.

Mas há uma história muito triste e dramática no tratamento injusto por trás dessa forma de "entretenimento".

"As pessoas realmente não têm idéia de tudo o que acontece por trás da indústria de selfies felinos, de gatos selvagens".

Tudo começou em Cancun. Muitos gostam de apreciar o mar e a atmosfera ensolarada, mas agora uma moda estranha se tornou popular.

Passeios de barco a poucos metros de enormes onças.

Os pobres animais são forçados a nadar por horas, para aparecer nas fotografias dos turistas.

Eles permanecem acorrentados aos barcos sem poder levar uma vida normal.

Tudo isso sem outro objetivo senão engordar os bolsos dos gerentes de turismo.

“Esses magníficos animais são removidos de seu habitat natural na Tailândia ou na África. E vendidos ilegalmente.

Através de seu Instagram, Winter publicou as imagens e fez um claro apelo à consciência.

Toda vez que alguém paga para “nadar” ou tirar uma foto com uma linda onça, está incentivando um mundo sombrio de comércio ilegal e tratamento injusto, cruel.

"Se pudermos proteger essas espécies, também estaremos ajudando a nós mesmos".

Esses animais não foram feitos para compartilhar com os seres humanos o seu dia a dia.

Eles merecem passar seus melhores anos em um ambiente natural.

“Isso é a exploração da vida selvagem. É nossa responsabilidade como turistas não participar de algo tão terrível. Alguns acreditam que é interessante, mas as onças estão em uma situação traumática e dolorosa.”

Steve Winter viajou pelo mundo para dar uma olhada em animais selvagens.

Isso permitiu que ele visse situações realmente ultrajantes, então ele usa seu trabalho para levantar a voz e tentar gerar mudanças no mundo. Todos os seres vivos merecem respeito e merecem levar uma vida digna.

Compartilhe esta nota para se juntar a Steve e advogar pelo cuidado das onças e de todos os animais presos nessas terríveis formas de turismo. Eles não merecem passar a vida como uma forma vil de "entretenimento".


***


Enquanto o dinheiro falar mais alto, os animais estarão à mercê de práticas como estas. Parabéns pelo seu trabalho de conscientização Steve! Um pouquinho aqui, um tantinho ali, já faz uma grande diferença para uma vida que importa! (MárciaSchmian)




Adaptação de Texto: Vida que Importa




Fonte: https://www.zoorprendente.com/