Pesquisar Matérias


Cachorro escapa da panela onde era cozido vivo, na China é uma prática natural

Chega de Maus-tratos!


Em muitos países do norte da Ásia, a carne de cães fervidos ou assados vivos é um prato muito apreciado.

Mesmo alguém que não seja extremamente sensível a causas relacionadas aos direitos animais suportaria ver tanta crueldade.

A prática não é um hábito exclusivo da China. Há um enorme mercado de carne de cães e gatos no Vietnã, Camboja, Indonésia, Índia, Coreia do Sul e mais de 20 países africanos.

Eles forçam o cão a entrar no tacho com água fervente, e uma vez que está preso, o animal é ouvido gritando de agonia e dor, tentando inutilmente e desesperadamente sair daquela situação.

Quando os homens veem que o animal parou de lutar, eles removem a tampa e tiram o seu corpo, já flácido e sem vida colocando-o no chão.

Isso tudo é feito na frente de dezenas de pessoas inclusive crianças, que ficam prestando atenção no desenrolar da cena e no sofrimento pelo qual o animal passou.

Mas isso infelizmente é comum na China, tendo em vista, que mais de 10 milhões de cães sejam abatidos por ano só para abastecer o comércio de carne local. Segundo informações do jornal inglês Daily Mail.

De acordo com a ativista Michele Brown, fundadora da ONG Fight Dog Meat, os cães são torturados no país em razão de uma antiga crença de que a carne dura traz benefícios para a saúde, incluindo o aumento da libido masculina.

“A única maneira de obter a carne dura é inundar o corpo do animal consciente com adrenalina”, disse ela em entrevista ao Daily Mail.

“Na maioria das vezes o objetivo não é matar o cão de imediato, às vezes eles são torturados por horas”.

De acordo com a reportagem, cerca de dez milhões de cães são mortos para consumo anualmente na China.

A maioria desses cães são animais tutelados que têm acesso à rua e foram capturados nas cidades, ou são roubados de seus tutores. Muitos deles, porém, são animais que viviam em situação de abandono, conforme uma investigação publicada no ano passado pela ONG Animals Asia baseada em Hong Kong.





***

O cão da imagem foi em um desse processos de cozimento que ele conseguiu escapar, mas não tenho notícia se sobreviveu.


Quando eu penso que já vi de tudo, os chineses sempre acabam me surpreendendo... Que falta de Deus no coração desse povo!!
É um vida que importa sendo tratada de forma repugnante, cruel e desumana. Lamentável!!


Fonte: https://www.dailymail.co.uk/