Pesquisar Matérias


Cachorro fofo nasce com as pernas dianteiras para trás e parece um anjo

Saúde Animal


Vivemos num mundo onde muitos são julgados por serem diferentes. Quando uma ninhada de filhotes nasce, a maioria dos criadores prefere se livrar daqueles que nascem com problemas de saúde.

Esse não foi o caso de Rexi, uma golden retriever. Nas primeiras semanas tudo parecia certo, mas com o tempo começaram a notar algo estranho nas pernas da frente dele. Rexi e sua família vivem na cidade de Phelan, na Califórnia.

A cadela bonita não andava como o resto de seus irmãos. Ela estava mancando e só usava as patas traseiras .

Alguns meses depois, eles receberam o diagnóstico inesperado: suas pernas dianteiras estavam crescendo para trás, dando-lhe um aspecto estranho como asas de pássaro. Como Rexi não pode usar as pernas da frente, ela sempre fica deitada de barriga para baixo.

É um caso extremamente estranho. Nenhum médico já tinha visto nada como isso antes, mas sua família estava disposta a fazer qualquer coisa para dar ao pobre cão uma oportunidade.

Apesar de sua grande dificuldade em caminhar, Rexi passa o dia com um sorriso enorme e tenta brincar com seus irmãos.
Seria preciso muito dinheiro para cobrir suas despesas médicas. Então eles começaram a arrecadar fundos .

Em apenas alguns dias, eles conseguiram superar a meta do que haviam estabelecido para levá-la a especialistas.

Felizmente, milhares de pessoas ficaram completamente comovidas com a história deste lindo cachorro e não hesitaram em colaborar para ajudá-la. Seus proprietários, Rachel Woertink e James Cassidy, a levaram para realizar todos os tipos de testes.

Após uma ressonância magnética, tudo parecia indicar que a origem do problema era neurológica. Não foi um caminho fácil, mas seus pais amorosos viajam com ela incansavelmente para levá-la aos melhores especialistas.

O neurologista disse que ela não será capaz de andar por conta própria, mas eles ainda estão tentando descobrir exatamente o que está acontecendo.

Enquanto isso, Rexi foi visitar alguns especialistas em aparelho ortodôntico. O mais importante é ajudá-la a ganhar mobilidade e foi o que eles conquistaram na empresa Kolman Prosthetics and Ortopedics .

Alex Freire foi encarregado de estudar cuidadosamente o caso de Rexi e criou um traje que a ajuda a se mover com muito conforto. Este é o primeiro passo, pois o objetivo é poder fazer uma cadeira de rodas .

“Ainda temos muitas consultas médicas. Enquanto isso, vamos garantir uma vida cheia de amor e que ela seja o cachorro mais feliz do mundo”.

Qualquer outra pessoa teria desistido completamente de um caso tão complexo quanto este. É uma sorte que ela tenha uma família tão amorosa.


Espero que descubram o que acontece com as perninhas da Rexi e que encontrem solução, para que ela possa levar uma vida saudável e feliz.



Fonte: https://www.zoorprendente.com/